Sobre o Ganso e outros bichos.

Image

Pois é, os últimos dias não têm sido muito fáceis à comunidade santista.

A começar pela dolorida eliminação pelo rival do Parque São Jorge que acabou resultando no inédito título da Libertadores. Foi justo, a campanha do Corinthians foi irretocável, mas fica um incômodo, resta a impressão de que a culpa da imensa alegria que invadiu parte considerável  de São Paulo é toda nossa. Talvez seja, ao menos em parte.

De lá pra cá, o que se acompanha diariamente na grande imprensa e, sobretudo, nas manifestações santistas em redes sociais dá conta de que o Santos é o pior time do mundo, com a diretoria mais incompetente do mundo. A camisa azul, que era linda quando ganhou o Paulista, tornou-se um lixo a ser evitado. A popular “zica”. O clima me parece de histeria, ou talvez o histérico seja eu, não importa. O fato é que está bem pesado.

O motivo: perdemos um jogo! Só isso e tudo isso.

Ao que parece a sensação não é só do torcedor passional ou da imprensa por vezes oportunista. O clima de velório parece ter atingido em cheio a nossa alta direção.

O presidente LAOR, por exemplo, sempre falante e competente porta voz do clube, optou por calar-se, numa espécie de recesso (o termo é dele). Iniciou-se um certo desmanche no elenco, analisemos.

  • Renteria: não sei o motivo de ter vindo, vai tarde.
  • Alan Kardec: Foi útil. Cabe perguntar até quando o Santos contratará jogadores por empréstimo sem valor fixado, ou com valor fixado insatisfatório. Teria sido tragicômico ter passado às finais da Libertadores e não poder utilizar o atleta. A impressão que fica é que foi um negócio de ocasião, de baixo custo ao clube que, por sua vez, não acreditava no jogador. Não pretendo entrar em pormenores de planejamento, já o fiz aqui e aqui.
  • Borges: Chegou e fez gols. Recebeu proposta e o Santos não o liberou. A partir daí começou a rediscutir contrato e parou de jogar. Coincidência? Vá com Deus!

O que fica claro na história dos 3 jogadores acima é que a saída era bastante previsível. E só agora buscaremos substitutos?

  • Elano: Não sei o que se passa com esse rapaz. Foi pra mim o melhor jogador da Seleção na Copa de 2010, contundiu-se, chegou bem ao Santos, depois foi sumindo. Há quem diga que gostaria de ter tido um tratamento melhor, de ídolo. Que não se conformava em ter o nome envolvido em eventuais trocas etc. Não sei, Elano sempre me pareceu um grande coadjuvante, só isso. Obrigado por tudo.

Miralles me deixou boa impressão jogando contra nós na Libertadores. A conferir.

De qualquer forma, o que precisaremos entender é que esse processo de (re)montagem do time no meio da competição, compromete o desempenho do Santos no Brasileiro. Claro que se eu sei, as pessoas pagas para pensar nisso sabem também. Resta saber o que elas têm de autonomia.

Será preciso serenidade, não há como sair contratando a cada grito da torcida. Até Loco Abreu teve gente pedindo (era só o que me faltava).

Mas vamos ao que interessa, o caso Ganso.

No capítulo da semana passada dessa longa novela, Ganso declara que “esperava coisa melhor” em relação a última(?) proposta recebida. O contexto era a saída do estádio do Canindé, em resposta à rádio ESPN “Ganso, e aí não renovou, esperava coisa melhor, né?”

O que você responderia?

Há dois cenários nas reações que se seguiram. O primeiro, absolutamente compreensível, é o daquele torcedor que tem o camisa 10 como ídolo, (recomendo esta leitura) e que está cansado de tamanha bipolaridade na relação do atleta com o clube.

Ganso era, em 2010, um dos que mais recebiam no Santos. O time cresceu, salários cresceram e o dele não. Houve propostas recusadas, o atleta disse que queria ser negociado de imediato, que sonhava viver na Europa, vieram as contusões e novas propostas e recusas. Até aí, problema dele.

No início do ano, dizendo que o jogador pedira um tempo para conversar, o presidente LAOR afirmou que aguardaria a vontade do atleta. Ganso vai à TV, diz ser feliz no Santos e que quer renovar o contrato. Novas propostas, mais recusas a espera de “coisa melhor”. Chegamos ao segundo cenário.

Do torcedor não se espera mais do que reações passionais, da direção, do conselho de gestão formado por profissionais tão experientes, espera-se racionalidade.

Chegamos ao máximo possível? Entendemos que o garoto de 22 anos não está sendo correto com o clube ao esperar coisa melhor? Simples, tomemos atitude, sem discutir pela imprensa como vem sendo feito. O atleta tem contrato que será cumprido, em que pese a proposta estar mantida (retirá-la me parece amadorismo). O que não dá é pra se mostrar ofendido pela declaração do rapaz, até porque, foi isso mesmo que ele disse ao recusar a proposta, “esperava coisa melhor”. Não dá pra criar clima de guerra para daí negociar o atleta de qualquer forma, pois isso será fazer o jogo dele ou do parceiro etc. Não creio em ofensa, aliás, ele só disse não, direito e problema dele.

O que fazer então?

Há uma multa rescisória de 50 milhões de euros em caso de transações internacionais. O valor parece irreal para o momento do atleta, talvez seja mesmo. A esse valor de contrato, dá-se  o nome de direitos econômicos. No caso, 45% pertencem ao Santos, ou seja, na melhor hipótese caberiam ao clube 22,5 milhões de euros. (o clube receberia o valor integral e poderia optar por não repassá-lo ao parceiro, questionando judicialmente o contrato (coisa que já fez), mas as chances de êxito não parecem promissoras).

Dada a situação atual, 15 milhões de euros me parecem excelentes e 10, bastante razoáveis. É o caso de chamar os envolvidos e esclarecer: por 10 milhões de euros para o clube, negociamos o atleta.

Não há propostas? Simples, cumpra-se o contrato.

Se eu fosse convidado a opinar, optaria por trocar o jogador por jogadores como Robinho ou Diego, contratações de impacto midiático enorme e de resultado técnico “assegurado”. Isso justificaria o investimento, já que os jogadores não seriam mais negociados. Não sei do Robinho, mas Diego quer voltar, todo mundo quer voltar por causa da Copa e da crise na Europa.

Para o mercado nacional, a multa é estipulada em função do salário nos termos da “antiga” Lei Pelé já que o contrato foi assinado antes de março de 2011, quando a “nova” lei (12.395/11) passou a vigorar. Ela é menor, mas não é pequena, no ano passado era de 59 milhões de reais, segundo o Clube. (diminui com o tempo)

Nesse caso, a postura me parece simples, não negociamos o jogador com o mercado nacional (para não reforçar adversários) exceto no caso de cumprimento da Lei. (Ganso deposita o valor da multa na justiça do trabalho e fica livre) Caberá discussão sobre direitos da DIS nessa multa, mas não sobre a obrigação de seu depósito integral para a rescisão.

Tudo isso pra dizer que creio ser o mais sensato, na impossibilidade de negociá-lo com o exterior, continuar buscando o diálogo para renovação. Fica mais difícil dado o hábito, intencional ou não, do clube levar a discussão para a mídia. A um menino de 22 anos mal orientado, ou orientado por más pessoas, pode faltar equilíbrio e profissionalismo. A um torcedor ferido pela ingratidão, pode sobrar raiva. A uma diretoria incensada como a melhor do país, não.

Em resumo, meus conselhos:

Ao Santos.F.C.: Negociem o rapaz com o exterior, preferencialmente, numa troca. Agora, avec elegance, por favor! Nas internas, sem imprensa. Preferencialmente, exterminar quem vaza notícia.

Para o mercado nacional, a Lei simples e pura. Sem negociação!

Ao Ganso: Se oriente rapaz, pense na sua vida do interior do Pará até aqui. Na sua família, inclusive. 

Você acha mesmo que bem lhe fazem sua assessoria, seus supostos amigos? 

Você se acha craque? Está certo, você o é!

Você se acha ídolo? Só se for das “suas nega”, parceiro.

Você não é meio Pita! Não fez pra isso. (E se você que me lê não sabe quem foi o Pita, azar seu, mas ídolo no Santos é um troço sério. Respeite, dê-se ao respeito, e respeite o Santos… Vá ler um livro!)

À torcida: É conveniente parar de acreditar em tudo que lê! O tal do Sonda não tem qualquer poder pra dizer se o rapaz joga ou não no Santos.

Corneteiro profissional de twitter é algo desprezível, tão desprezível quanto certos supostos jornalistas. Vocês se surpreenderiam se soubessem quem paga certas pessoas. Não direi nada, por enquanto, e por responsabilidade jurídica. Mas aguardem!

A novela continuará e segue um pequeno glossário para entender as cenas dos próximos capítulos. (todo mundo sabe, mas escreve-se tanta coisa por aí que às vezes confundimos)

  • Direitos Econômicos: valor que se recebe quando o contrato é rompido de modo consensual ou cláusula penal (multa). Pode ser partilhado em N pedaços.
  • Cláusula Penal (Multa): valor depositado pela parte, atleta ou clube, de forma a rescindir contrato vigente. É uma questão da Justiça do Traballho.
  • Direitos Federativos: direito do clube que tem o contrato do atleta sob registro na Federação. É só do clube, não cabendo partilha. Em outras palavras, só o clube libera um jogador tenha ele 100%, 45%, 5% ou NADA dos direitos econômicos. A única saída é o depósito da cláusula penal.

Era isso. Até.

PS Até o momento em que estas linhas foram mal redigidas, ninguém havia “posto” Ganso no Corinthians. Aguardemos…

Anúncios
Categorias: Uncategorized | 9 Comentários

Navegação de Posts

9 opiniões sobre “Sobre o Ganso e outros bichos.

  1. Jamiro

    òtimo seus esclarecimentos. Penso que você santista que possui um blog e tem chance de expor suas ideias, poderia nos ajudar com textos como esse, indo a fundo na noticia e deveria mesmo ir ao clube e se inteirar desses assuntos e de outros e transmiti-los em seus blogs. Seria muito bom pra nós leitores, contar sempre com textos esclarecedores co mo este. Parabéns!

  2. Marcos Magário Filho

    Esse texto é simplesmente genial. Traduz exatamente o que vem acontecendo com o Santos ultimamente e com o Ganso há 2 anos.

    Concordo que a melhor saída é a troca do Ganso por algum outro atleta de ponta, mas talvez seja melhor esperar um pouco o Robinho. O contrato do Milan com o menino Robson acaba no meio do ano que vem. Acho que é uma boa esperar e convencê-lo a vir em seguida pro Santos, e no mesmo período aproveitar e vender o Ganso por alguma grana.

    Assim, ficariamos com o Robinho e mais o dinheiro do Ganso. Vale o sacrifício de ter o ingrato no elenco por mais 1 ano, pela volta definitiva do Robinho.

  3. Netuno-SP

    Parabéns pelas palavras bem colocadas! Pena que você não é o “titular” do Blog do Torcedor da Globo.com! Estaríamos melhor representados!!! Saudações santistas!

    • Obrigado mas não é verdade. Nós santistas precisamos cada vez mais de espaços para discutir nosso clube com isenção política. E sou muito grato ao Kako por dar essa oportunidade de nos conhecermos. Um abraço

  4. Cicero Leão

    É duro passar os jornais e ler um monte de abobrinhas que cospem por ai. Mas é muito bom ler alguns blogs, que eu considero de pessoas muito sensatas como o Kako, e ler um post como este. O que precisamos é de uma opinião sensata, ponderada, analisando os dois lados e não dando linha para achismos e jornalistas amadores. Parabéns.

    Cicero Leão – Sócio 40.746

    • Obrigado Cícero,
      Fico muito feliz por sua visita e visão.
      Acredito mesmo que precisamos de espaços de discussão. Venha sempre. Abraço

  5. È isso ai Ale Rodrigues,repasse esse conteudo dodinho para o blog do odir,por que por lá,nosso querido Odir só tem gente pensando como lacraias,esquecem que a gente só é Santos quando temos meninos dá Vila em ação,é um tal de pedir Riquelmi com 34 anos,já não chega o Léo comendo e bebendo nas custas do nosso Glorioso,só levando,sem dar nada em troca…..MENINOS dá VILA Já,prá ontem,sem estupides e sem desmerecimento a qualqquer jogador velho e comedor dos que se arrebentam em campo por um crube e depois são trocados por safados que só sugam o crube.
    Ganço,jogador em frangalhos,não tem mais nada a acrecentar no futebol,canela de vidro,que o nosso Santastico se livre o mais breve possivel desse cara,se alguem ainda acreditar nele,é bom o Santos ganhar algum com ele….A alta analise dele mesmo é um absurdo….como …meu futebol elegante,já vio né,burro, cinico e desleixado,pensa que é,mas não o é.

  6. Ótima postagem. Parabéns. Agora irei acompanhar seu blog regularmente.

  7. Pingback: Riquelme + 10! « Em busca da terceira estrela!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: